Latinidade Entrevista: Carla Morrison

Carla Morrison está lançando o novo single “Azúcar Morena”, do álbum “Amor Supremo” e falou com o Latinidade sobre o disco, turnê, Brasil e mais.
latinidade entrevista-5

A cantora participa de festivais de música e este ano cantou no Coachella, nos Estados Unidos. Outro evento importante para a cena independente é o Vive Latino. “Os festivais apoiam a cena musical e é muito bonito sentir o apoio de festivais tão grandes. Os artistas precisam de motivação e visibilidade e o Vive Latina faz isso muito bem”.

Em 2012, a mexicana levou 2 Grammys Latino em duas categorias com Déjenme Llorar: Melhor álbum alternativo e melhor música alternativa. “Foi uma experiência super bonita! Nunca esperei ganhar e muito menos ao lado de tantos artistas importantes e talentosos. Me deu medo e tive uma queda de pressâo, era tudo muito novo para mim. Os valorizo muito, coloquei em cima do piano, assim nunca me esqueço que meu trabalho é valioso e devo seguir lutando”, afirmou.

GNSF-CARLA-MORRISON-LATIN-GRAMMYS-722X406

Amor Supremo foi lançado em 2015 e a cantora definiu o álbum como mais poético.”Queria dar ao público uma experiência mais completa. Onde as pessoas pudessem viver o disco por completo, não só pelas letras, mas também pela música. É um álbum mais ambicioso, mas com a mesma essência de sempre.”
Carla-Morrison-Amor-Supremo-Album-Cover

Carla continua em turnê pelo México. Em setembro passa pelos Estados Unidos, Espanha e América do Sul. “Sempre planejo com antecedência os shows. Gosto de ter as faixas que as pessoas mais conhecem, mas também mostrar o novo disco. Gosto que as pessoas curtam o show e tocar suas músicas favoritas”.

Em relação ao Brasil, Carla citou Caetano Veloso. “Conheço o trabalho do Caetano Veloso, sei que vocês são muito musicais e me encantaria visitar o Brasil”.

“Azúcar Morena” exalta a pele morena.”Sinto falta da pele morena como produtos, em comerciais, na propaganda. Sinto que não é algo que se celebre. Para mim é algo de minha vida cotidiana, temos que celebrar a pele morena e ressaltar que a mulher pode se sentir sexy, sensual e isso não a faz menos respeitada. No final do dia todos somos humanos e sentimos e não é algo que só os homens podem sentir”.

Antes de concluir a entrevista, Carla deixou um recado aos fãs: “Um saludo aos brasileiros, mesmo que ainda não tenha ido visitá-los, me emociona muito conhecer e cantar para vocês”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *