América Latina

Anitta: Medicina

A letra é em espanhol e fala como música é uma linguagem global, que é capaz de unir as pessoas e curar, feito remédio. A composição é de Mau (da dupla “Mau y Ricky”) e Caceres (“Felices Los 4”) e a produção é de John The Producer. “Queria mostrar como a música é algo que realmente não tem fronteiras. Ela é a união entre as culturas. As pessoas se divertem independentemente da língua”, diz Anitta. O vídeo possui direção de Harold Jiménez e produção da 36 Grados.


“No te entiendo pero bailamelo lento”
Para mostrar o conceito global levantado pelo clipe, Anitta decidiu que “Medicina” desse a volta ao mundo. “Para isso, nos inspiramos nas culturas de diversos países, como Japão, Índia e Rússia. Tivemos a ideia de filmar crianças dançando porque elas representam a pureza e a tolerância. Está incrível! Eu adorei e espero que vocês também gostem”, conta Anitta.

Segundo o diretor Harold Jimenéz, a fumaça, presente em todo o clipe, está relacionada à “medicina”: “É uma forma de representar esse remédio, a cura, a poção que voa pelo ar e chega a cada país, mudando a atitude das crianças e os enchendo de alegria. Foi um trabalho fascinante poder capturar a energia de cada país”, diz ele.

“No te asustes si la ropa se levanta”
O orgulho latino fica evidente nas escolhas dos looks da cantora. Anitta aparece com roupas jovens, leves e de cores quentes. André Phillipe, responsável pelo styling da artista, explica suas escolhas: “Quisemos trazer referências da mulher latina em todos os looks, mas não de uma forma tão óbvia. Optamos por algo mais urbano. Os tons são amarelo bem solar e lavanda intenso. Optamos também pela transparência que imprime bem a parte mais sexy da Anitta.”

Os figurinos utilizados pelas crianças do clipe ficaram sob os cuidados de Carolina Serna, diretora de styling. As inspirações foram as cores e culturas de cada país. “Na cena da Anitta com as crianças, quisemos mostrar a diversidade da América Latina. Para o continente Africano, por exemplo, usamos um vermelho quente, que combina com o chão terroso. Para as crianças das tribos indígenas, usamos tons de verde, que são o match natural”, explica ela.

Todo el mundo es igual”
A juventude é uma marca evidente no clipe. Não só nas crianças, mas também através das makes leves e cabelos escolhidos para Anitta. Essa foi a ideia que Henrique Martins, que assina a beleza do clipe, quis passar ao escolher a peruca neon, um dos cabelos do vídeo.  “Tive esse estalo quando vi o release e as locações. O cabelo verde entra como uma complementação de cores. É jovem e alegre como a música. Para o look amarelo, usei um cabelo longo com uma textura mais natural e sexy”, diz ele.

Veneno vs. Medicina
Para esse lançamento, Anitta resolveu mostrar o processo de escolha de um single em seu IGTV. Há um mes atrás, a cantora anunciou na nova plataforma do Instagram que mostraria os bastidores e a votação da sua equipe entre os singles “Veneno” e “Medicina”. A primeira era a preferida da artista, mas o resultado final deu “Medicina”. O single da vez ganhou com 20 votos, enquanto “Veneno” levou 17.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *